sábado, 27 de fevereiro de 2016

O Inocente Consciente


Menino de uns 5 anos,
chorando no supermercado,
de frente pra uma prateleira,

Queria um desses cereais
que vêm com brinde,
a mãe não ia dar.

O menino chora e chora
alto, e esperneia e xinga
e dá soco no ar
e soluça...

Um show!

Todo mundo que passa,
olha, aponta, disfarça,
não disfarça, tem gente
que cochicha, tem gente
que ri.

A mãe, vermelha
de vergonha e raiva,
primeiro, explica:

- Meu filho, não dá,
mamãe tá sem dinheiro.

Depois, negocia:

- Outro dia a mamãe compra,
tá bom? Espera só um
pouquinho... Tá bom?

Finalmente, ameaça:

- Cala a boca, praga!
Se não empeno a tua cara
na porrada!

O menino interrompe
o escândalo um momento,
só pra colocar as mãozinhas
inofensivas na cintura
e lançar o desafio:

- Empena! Pode empenar,
que eu vou chamar a
polícia...

A mãe contrargumenta:

- Vai chamar a polícia?
Pois então, chama
Pra eles me levarem
E tu ficar sem mãe.
Quer ficar sem mãe?

O menino para um momento,
está cogitando a seriedade
do assunto, ficar sem mãe
não parece ser muito bom.

A mãe insiste:

- Quer?

Antes de retomar o choro,
o menino ainda diz, abrindo
muito a boca e alongando
muito as vogais.

- Queeeruunããããuumm!



                                               
Gostou?
Compartilhe!
Se não...

Um comentário:

  1. Gostei. Retrato, quase fiel, da realidade. Compartilhei. Abraços!

    ResponderExcluir