sábado, 25 de março de 2017

Todo Sujo de Azul



“Sujar as mãos de azul”

Acho isso tão besta, tão bobinho,
mas permito, porque faz sentido,
se não pra mais ninguém,
pra mim.

No começo, tava pensando
em usar “chafurdar” em vez
de “sujar”, pra dar aquela ideia
de exagero e perda do limite,

Preferi sujar, porque lembra
infância em que brincar,
sujava

Então, o “sujar” não tem só o
sentido de ficar sujo, mas
de se misturar ao barro
da infância, à manga
mastigada no pé,

Também já usei “se sujar de azul”,
e quis dizer com isso se sujar inteiro,
não só o corpo, mas o que ele
guarda,

E azul pra mim é céu,
mas não só céu, também mar,
mas também imensidão, sonho,
voo, fantasia,

Todos esses sopros efêmeros
e deslumbrantes que borrifam
milagres em nossos olhos
apagados,

Se sujar de azul é se deixar
manchar de fantástico,

Pensei então, num pintor
pintando um quadro
todo céu, a aquarela
cheia de tons de azul

E as mãos dele, as mesmas
do trabalho, todas sujas,
pintadas de azul,

Na minha imaginação
isso é bonito, penso em mãos
cansadas, calejadas, doídas,
por um momento de novo
vivas e alegres pintando
um céu

E o azul seria um azul inexistente,
aquele azul que a gente lembra
quando o dia tá nublado, lembra
e de vez em quando, sente
falta,

Mas é por isso, por causa do
pintor imaginário e suas mãos
manejando o azul,

Eu brinco com o azul e também
sujo as mãos nele, eu mergulho
nele e me sujo inteiro,

Sou um daqueles caras
do blue man group
Heheheheheh

Eu sei, eu também me sinto
muito pós-moderno escrevendo
uma poesia sobre poesia, faz sentido,
não faz sentido, penso, logo, isto
dispenso, logo, aquilo...

Tem mais...

“Sujando as mãos de azul
pra compensar os pés
no pó escuro do chão”,

Que também podia ser:
“sujando as mãos de azul
pra compensar os pés
no chão”

Pés no chão,
entendeu?

De resto:

Azul é céu,
é mar,
imensidão

E chão
é NÃO!




                                                                                  
Gostou?
Então, azula aí no compartilhamento.
Valeu!

3 comentários:

  1. Uma poesia sobre uma das minhas cores favoritas, obrigado !
    Ficou maravilhoso, parabéns !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita, Daiane, voltz sempre!
      Abraço.

      Excluir
  2. Uma poesia sobre uma das minhas cores favoritas, obrigado !
    Ficou maravilhoso, parabéns !

    ResponderExcluir